Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Gerais > ASSMAL marca presença no 1° Seminário de Segurança Pública - CLIQUE AQUI -
Início do conteúdo da página

ASSMAL marca presença no 1° Seminário de Segurança Pública - CLIQUE AQUI -

Publicado: Sexta, 31 de Março de 2017, 18h19 | Última atualização em Sexta, 31 de Março de 2017, 18h42 | Acessos: 96
 
O presidente da ASSMAL(Gedson Ataíde) junto com sua diretoria,  participaram na manhã desta sexta-feira (31) do 1° Seminário de Segurança Pública, evento que ocorreu no auditório do Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso e foi organizado pela Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (ASSOMAL).
 
O 1° Seminário de Segurança Pública trouxe diversos temas de interesse dos policiais e bombeiros militares, entre eles: A reforma da previdência, O ciclo completo da polícia e A importância de um representante militar no parlamento. Diante dessas temáticas pertinentes, o evento atraiu em torno de 400 PMs e BMs que assistiram as palestras ministradas pelo deputado federal por Minas Gerais, o Subtenente Gonzaga, pelo Coronel Miler que é assessor parlamentar, pelo Coronel Brid de Santa Catarina, representante da FENEME e o Capitão Samuel que e deputado estadual.
 
Para o presidente da ASSOMAL, Tenente Coronel J.Cláudio, que idealizou esse seminário, a ideia foi de aproximar a realidade nacional a local com temas atuais. "Esse evento trouxe a Maceió nomes importantes do cenário nacional que expuseram a realidade ligada à categoria de militares. Superou todas as nossas expectativas", disse.
 
O presidente da ASSMAL, Sargento Gedson ressaltou a seriedade do seminário, pois o evento teve o objetivo de conscientizar os militares, a nossa categoria, para investir em um futuro representante parlamentar que seja da tropa. "E assim se faz uma discussão com seriedade, transparência e credibilidade", finalizou.
 
Segundo o presidente da ACS/AL, Cabo Wellington, é imprescindível esse debate, pois muitas vezes o militar fica ligado somente no que acontece no Estado e é preciso entender como funciona todo o processo", pontuou.
 
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página